Story power  

Contar histórias faz parte da natureza humana.

Diz-nos a ciência em particular a Neurociência que contar uma história é um dos mecanismos mais interessantes para garantir a atenção e retenção dos conteúdos. É uma forma previligiada de comunicar e uma ferramenta de marketing incontrolável para Marcas que querem e sabem gerir o seu relacionamento com ao seu público e comunidade.

Em que consiste o Storytelling?

De um modo geral, o storytelling consiste na atividade de comunicar através da criação de narrativas. Esta forma de comunicação permite transmitir ideias, conceitos e produtos de forma criativa, com o intuito de envolver pessoas.

É, por assim dizer, uma estratégia que visa contar “uma história”, com o principal objetivo de estabelecer uma relação direta e duradoura com os clientes.

Esta atividade é utilizada para que as empresas possam demarcar as suas ideias, criando conteúdos exclusivos, criativos e inovadores, que vão contribuindo para a perceção que o público tem sobre os seus produtos e serviços.

O storytelling permite não só persuadir a audiência, como também estabelecer uma relação de confiança.

De facto, temos percebido que uma história bem contada apresenta resultados muito positivos na notoriedade das marcas, e consequentemente no aumento das suas vendas.

Por isso, esta estratégia deve ser intencional, planeada, constante e focada nos objetivos da marca, para que constitua uma mais valia em relação à concorrência.

O aliado do Marketing de Conteúdo

O Storytelling tem vindo a assumir a devida relevância nas estratégias de marketing de conteúdo. Nas estratégias mais elaboradas e vencedoras, são utilizadas conexões emocionais, são contadas boas histórias, que resultam numa audiência diretamente envolvida.

Sabendo à partida que os consumidores procuram histórias envolventes, as marcas recorrem aos argumentos mais emotivos para que haja um crescimento do reconhecimento da marca e uma expansão do seu conteúdo.

Este lado afetivo e emocional permite não só aumentar os níveis de engagement, como também captar a atenção de um maior número de pessoas, o que resulta diretamente no crescimento de potenciais consumidores.

Fundamentos do Storytelling

1. Definir o target/ personas

Definir um público específico para quem queremos comunicar. Este fator beneficia a definição do produto e toda a estratégia de comunicação.

2. Definir uma meta

Definir objetivos realistas é fundamental para manter a eficácia da estratégia e não perder potencial. Para completar, a criação de um cronograma pode facilitar na medida em que lhe permite ter um trabalho mais organizado, produtivo e regular.

3. Utilizar narrativa

A narrativa é um elemento-chave para aumentar conversões. Este fator permite-lhe desenvolver estratégias de conteúdo e liderar com o diálogo. Apelar às emoções certas, dependendo da história que pretendemos contar, pode ser o fator fundamental para o sucesso do storytelling.

4. Construir argumentos de autoridade

Criar um nível de influência, para depois poder aumentar o nível de confiança com os seus consumidores. As crenças e afirmações podem ser ampliadas se formos capazes de influenciar e converter o público à nossa marca.

O Storytelling é muito mais do que só contar uma história, é acrescentar valor e alavancar à USP da sua empresa.

E nós sabemos contar Histórias.

Conte com a DBX para contar a sua !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.